A Crise de Crescimento do Brasil

A Crise de Crescimento do Brasil

Páginas: 381
Editora:Elsevier
Categoria:Administração

Grátis para assinantes

Assine agora
É inegável que o crescimento brasileiro está em crise. As origens da crise, se mais devida a fatores externos ou domésticos, se estrutural ou conjuntural, são temas de debate e questionamento de grande importância para o país. Mas o fato concreto é que o Brasil atravessa um momento de grandes desafios econômicos, agravados pelo lento crescimento.

Independentemente do tamanho, da origem e das consequências imediatas das dificuldades de curto prazo, porém, é urgente analisar os desequilíbrios estruturais para poder especular sobre as perspectivas para nossa economia, dadas suas potencialidades. O livro proposto, nesse sentido, inclui análises de um conjunto de problemas estruturais que impedem o avanço mais rápido do país em direção ao desenvolvimento. Não esgota o tema, mas, sempre que possível, aponta estratégias para a superação de obstáculos.

O foco das análises está nos fatores externos e internos que limitam uma expansão mais acelerada da nossa economia. Para tanto se procura identificar até que ponto a crise fiscal que o Brasil enfrenta decorre do descontrole dos gastos públicos de curto prazo, especialmente a partir do relaxamento fiscal iniciado com a crise financeira internacional de 2008, ou se também existem desequilíbrios estruturais decorrentes de aumentos crescentes de gastos sociais sem a contrapartida de uma alta equivalente de receitas públicas, de forma a se poder evitar o crescimento da dívida e do risco de insolvência fiscal.